História

No final dos anos 90 surgia um pequeno empreendimento de cursos de pós-graduação lato sensu na área de contabilidade. Tinha a chancela de uma Faculdade do Interior, graças a obstinação e visão de futuro do cidadão Antonio José Salles da Silva. Localizava-se no bairro dos Barris, nas dependências do antigo Colégio Darcy Ribeiro. Chamava-se então Salles e Associados.

Já naquela ocasião, podia se perceber a firmeza, a simplicidade e a união de sua família em prol de um sonho que se vislumbrava grande. Seus filhos, ainda pequenos, e, também a sua esposa o ajudavam na recepção, nas matrículas e nos cafezinhos, enfim na administração daquele pequeno embrião, o qual viria, pouco tempo depois, se tornar a Faculdade Santo Antônio de Queimadas.

No dia 14 de janeiro de 2001 foi fundada a Faculdade Santo Antônio de Queimadas (FSSAL) na Rua General Labatut, número 373, Barris. A oficialização do registro de funcionamento aconteceu em 15 de junho de 2002, assistida pelo Prof. Antonio José Salles da Silva e seus sócios da mantenedora SEEB – Sociedade de Estudos Empresariais Avançados da Bahia LTDA, conforme portaria do MEC n.° 1.692 de 07/06/2002.

Desde então o crescimento da FSSAL passou a ser mais vigoroso com a autorização de novos cursos, o que contribuiu para a expansão dos corpos discente e docente, associado com a inauguração de outras faculdades co-irmãs, tanto em Salvador como no interior do Estado.

A Faculdade Santo Antônio de Queimadas tem como objetivo ser reconhecida como instituição de nível superior de qualidade e formadora de opinião que se destina a promover o conhecimento científico e técnico para seu alunado, possibilitando expansão e qualificação profissional de excelência.

Todos os cursos da Santo Antônio de Queimadas, entre graduação, tecnologia e pós-graduação, são devidamente autorizados e reconhecidos pelo MEC.

Missão

A Faculdade Santo Antônio de Queimadas assume, como identidade, ser uma Instituição Educacional que tem como finalidade proporcionar condições para que as pessoas se habilitem ao exercício profissional pleno, universal e contínuo nas atividades de negócios, respeitando a legislação vigente e executando exemplarmente o papel metodológico e pedagógico de pesquisar e transferir para o corpo docente, o discente e o de atividades complementares, os fundamentos da visão cristã do homem e do mundo.

Finalidade

A Faculdade Santo Antônio de Queimadas acredita no princípio democrático e, particularmente, no ensino superior como lócus de realização da cidadania. Assume posição construtiva em uma sociedade democrática, servindo de instrumento propulsor de transformação social. Nesse sentido, sua finalidade procura responder aos anseios e às necessidades da comunidade onde se situa. A IES deve ter o compromisso de colocar o produto de suas atividades de ensino com pesquisa e extensão ao alcance e serviço dessa comunidade, para dela merecer respeito e reconhecimento. Tem como fim, ainda, garantir a qualidade desse produto, por meio de uma efetiva política de capacitação de pessoal docente e técnico-administrativo, além de uma ampla participação dos alunos nos diversos aspectos da vida acadêmica.

Objetivos

  • estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento reflexivo;
  • formar diplomados nas diferentes áreas de conhecimento, aptos para a inserção em setores profissionais e para a participação no desenvolvimento da sociedade brasileira, além de colaborar com sua formação contínua;
  • incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando ao desenvolvimento da ciência e da tecnologia e da criação e difusão da cultura, e, desse modo, desenvolver o entendimento do homem e deste com o meio em que vive;
  • promover a divulgação de conhecimentos culturais, científicos e técnicos que constituem patrimônio da humanidade e comunicar o saber por meio do ensino, da publicação ou de outras formas de comunicação;
  • suscitar o desejo permanente de aperfeiçoamento cultural e profissional e possibilitar a correspondente concretização, integrando os conhecimentos que vão sendo adquiridos numa estrutura intelectual sistematizadora do conhecimento de cada geração;
  • estimular o conhecimento dos problemas do mundo presente, em particular os nacionais e regionais, prestar serviços especializados à comunidade e estabelecer com esta uma relação de reciprocidade;
  • promover a extensão, aberta à participação da população, visando à difusão das conquistas e benefícios resultantes da criação cultural e da pesquisa científica e tecnológica geradas na instituição.